sábado, 17 de dezembro de 2011

ACASO das HORAS


Te vi na nuvem cinza
Derrubou aquela paz do eterno
Trouxe a memória nosso jogo de idéias 
Desenhos no chão apontavam alguma direção
Nosso acaso de horas virou anos de história
Me salvei do inferno e você não me viu sorrir ! ! !


Nélio Cícero
02/12/2007


* Dedicado a mémoria do amigo Walter Jr da COPASA de Juatuba (MGS)