domingo, 9 de agosto de 2015

SALVO pelos ANJOS


Renasço nos meus anjos

Me puxaram pela mão na queda
Fez todo sentido tentar viver
Orações na medida certa.

Queimaram minhas asas no abismo
Nenhuma razão foi adquirida
Clamei pelos anjos na travessia
A mensagem celeste foi atendida.

Novas asas foram implantadas
Anjo Adriel e Anjo Eliel
Quando as nuvens ficaram pesadas
Vocês me mostraram o céu !


CICERO[N.C.S]

09/08/2015


*Poema dedicado aos meus filhos Ciro Adriel e Celton Eliel

2 comentários: